Google+ Followers

MEDALHA DE BRONZE - É DO BRASIL! ! !


Orientação feminina
- MEDALHA DE BRONZE -
É DO BRASIL !!!!!!!!!!!!!

Queridos amigos de todo o Brasil e do mundo !!!
Os V Jogos Mundiais Militares já acabaram há exatamente 1 semana, mas ainda estamos comemorando... sim, porque esta medalha está entrando para a HISTÓRIA da Orientação no BRASIL !!!


Para aqueles que não sabem, ou para os que já esqueceram, é importante contar esta história, para que fique gravada em suas memórias, pois ela é muito bonita...


Em 1999, no XXIII Campeonato de Orientação das Forças Armadas (CAMORFA), realizado em Guarapuava, no Paraná, a então 1° Ten CARLA Maria Clausi, após insistentes pedidos ao General de Brigada Elton Geyer Rodrigues, então Comandante do Centro de Capacitação Física do Exército e presente à competição, obteve autorização para realizar parte dos percursos individuais masculinos, de maneira a provar que uma mulher era capaz de fazê-los. Teve êxito, foi autorizada a participar de uma equipe no revezamento e recebeu uma medalha de honra ao mérito pelo seu feito. A partir de então e, principalmente, devido aos esforços realizados pelo Brigadeiro Jairo Pereira Christovam, pelo Coronel da Aeronáutica Ubirajara da Silva Ramos, pelo Comandante José Ferreira de Barros e pelo Tenente Antonio Dmeterko, todos da Comissão Desportiva Militar do Brasil (CDMB), finalmente conseguiu-se a autorização para a participação de equipes femininas em um CAMORFA, o que ocorreu em Araguari, MG, no ano de 2000, em sua XXIV edição, de maneira experimental, com a inclusão de atletas do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. Sagrou-se 1ª campeã militar feminina das Forças Armadas a Sargento Noemi Silva dos Santos, do Exército, sendo o primeiro técnico desta equipe o Coronel Décio dos Santos BRASIL. A partir de então, a presença feminina foi definitivamente aprovada nas competições militares e passou a ser uma constante nestes Campeonatos.
Em 2001, houve o XXV CAMORFA, em Nova Friburgo, RJ, sendo realizada, 3 meses antes, a primeira convocação para o treinamento das equipes femininas. A equipe da Comissão Desportiva do Exército (CDE) era constituída pelas seguintes atletas: 1º Tenente CARLA, 2º Tenente EDNA, 2º Tenente Ivie LESSA, Sargento Maria ERCÍLIA Lousada e Sargento Noemi. O técnico da equipe era o 1º Tenente Wallace MURRAY. Os treinamentos ocorreram na cidade de Santa Maria, RS. Pela Marinha participou a Sargento PENNY e pela Aeronáutica participaram as ainda Cadetes Lislaine LINK Gama e Ana Paula LITTIG Gomes de Oliveira. A campeã da prova foi a Cadete LINK, mas não pode ser homologada, pois ela era ainda aluna.
A partir deste Campeonato, foi designada a primeira equipe feminina das Forças Armadas, constituída pelas Tenente Carla Maria Clausi (Exército), Tenente Ivie Lessa (Exército), Sargento Penny (Marinha) e Sargento Noemi Silva dos Santos (Exército), com a qual o Brasil participou pela primeira vez no XXXIV Campeonato Mundial Militar do CISM (Conseil International des Sports Militaires), realizado na cidade de Beja, em Portugal, classificando-se em 12º lugar, entre 13 equipes. A Rússia foi a campeã por equipe e individual, com a atleta J. Siedlina.
Em 2002 houve o I Campeonato Sul-Americano Militar de Orientação, realizado em Faxinal do Céu e Guarapuava, PR, com a participação da equipe feminina das Forças Armadas, sagrando-se campeã individual a Tenente Littig, da Força Aérea Brasileira.
Em 2004, houve o XXVI CAMORFA, em Rio Negro, PR, sendo campeã por equipe e individual a Força Aérea, com a Tenente LINK e o Brasil participou com sua equipe feminina do XXXVII Campeonato do CISM em Harskamp, na Holanda, classificando-se em 10° lugar, entre 14 equipes. A Rússia foi novamente campeã por equipe e individual, com a atleta Tatiana Ryabkina.
Em 2005, o XXVII CAMORFA aconteceu em Bonito, MS, sagrando-se novamente campeã por equipe e individual a Força Aérea, com a Tenente LINK. O Brasil voltou a participar do XXXVIII Campeonato do CISM, desta vez em Lappeenranta, na Finlândia, ficando em 9º lugar entre 12 equipes. Como de costume, a Rússia foi campeã por equipe e individual, com a atleta Tatiana Ryabkina.
A partir de então, a presença militar feminina passou a ser uma constante em todos os campeonatos no Brasil e no exterior, com atletas de cada vez mais elevado nível físico e técnico.
Mas foi agora, aqui no Brasil, no XXXXIV Campeonato do CISM, em plenos Jogos Mundiais Militares, que nosso esporte ORIENTAÇÃO MILITAR conseguiu ganhar a sua primeira medalha !!! Justamente a equipe FEMININA !!! Exatamente 10 anos após nossa primeira participação num Mundial !!!
É por isso, pessoal, que esta medalha tem sabor de vitória para todos nós, que escrevemos esta história, JUNTOS !!! Dirigentes, chefes, técnicos e atletas !!! Pois não se constrói um esporte novo num país, SOZINHO !!! Somente nós e cada um de nós sabe o quanto foi difícil superar TODAS AS DIFICULDADES pelas quais passamos... o quanto foi SOFRIDO conseguirmos chegar até aqui... como LUTAMOS E BRIGAMOS por nosso lugar ao sol... !!!
Mas, finalmente, CONSEGUIMOS !!!!!!!!
E Deus me deu a honra e o privilégio, provavelmente por haver sido a precursora do esporte a nível feminino no país e nas Forças Armadas, de poder estar narrando ao vivo e em cores a chegada de nossa atleta WILMA, que fechava o revezamento... na reta final, rumo ao podium !!!!!! Só eu sei o tamanho da emoção que senti depois da passagem das atletas brasileira e polonesa, juntas, no posto espetáculo, na 3ª colocação... dali, faltavam apenas alguns minutos para a chegada... e meu coração, WILMA, disparou de emoção... era a história de toda a minha vida de atleta que estava ali, correndo junto com você... eu podia sentir a tua respiração ofegante, a concentração absoluta para não errar, o suor escorrendo na face e embaçando a visão... os enroscos dos cipós, os espinhos enganchando no uniforme... parece que se passou uma eternidade, até ouvir o Sd do posto de rádio do último ponto passar a informação de que: ” - a 3ª atleta do Brasil passou aqui, agora...” Diante do olhar incrédulo de KENT, o tradutor sueco, que disse: “- Não é possível; onde está a polonesa ???Temos que aguardar a chegada !!!”...
Mas era a atleta brasileira, SIM, que estava em 3° lugar !!! Era VOCÊ, WILMA !!!!!!! E quando você apareceu na orla do mato, com aquele seu jeitinho maroto de “moleca nordestina retirante”, liberei a emoção do grito contido, que ecoou em todos os cantos da Floresta Nacional... É ELA, MINHA GENTE !!!!!!! É A SGT WILMA !!!!!!! A MEDALHA DE BRONZE É DO BRASIL !!!!!!!!!!!!
E daí em diante, foi só ALEGRIA !!!!!!!! E o resto da história é para vocês, atletas, continuarem a contar... !!!!!!!! Porque agora eu sinto que o meu capítulo está completo... a sementinha que plantei há 12 anos atrás, cresceu, virou uma árvore frondosa e agora está desabrochada em flores. Lindas flores, que mais do que merecidamente conquistaram um lugar no podium da História do Esporte de nosso país !!! E meu sonho foi realizado: o de ver grandes atletas reconhecidas e premiadas, representando o nosso BRASIL, despertando o interesse das crianças e dos jovens atletas... para que um dia possam continuar essa nossa história !!!!!!

PARABÉNS WILMA, TÂNIA E MIRIAM !!!!!!

PARABÉNS, EQUIPE BRASILEIRA DE ORIENTAÇÃO DO BRASIL !!!
Por tudo e, ainda, pela 5ª colocação geral da eqp feminina !!!!!!!
A MELHOR classificação até hoje !!!
Então, PARABÉNS também a SORAYA e SONIA !!!!!!

PARABÉNS A TODOS AQUELES QUE AJUDARAM A ESCREVER AS PÁGINAS DESTA HISTÓRIA !!!!!!!

E OBRIGADA, especial e particularmente, a duas pessoas:

- Cel Inf R1 ITAMAR TORREZAM – que me ensinou TUDO O QUE SEI sobre Orientação e foi, SEMPRE, o meu maior incentivador ; e

- Gen JOSÉ CALASANS DE CARVALHO – por TUDO o que o senhor fez pelo nosso esporte... e pela FORÇA e pela CONFIANÇA que sempre depositou em mim !!!!!! Tenho certeza de que, aí pelo CÉU, o senhor está mapeando tudo... e traçando maravilhosos percursos, para que possamos fazer juntos, quando estivermos todos reunidos, novamente !!!!!!!!!!!

Com o mais sincero, orgulhoso e carinhoso beijo,
Major Médica (quase QEMA) CARLA MARIA CLAUSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário